Follow by Email

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Aromas da Bahia

Ontem, um domingo chuvoso - dia que pede uma comida quente - na tentativa de quebrar gelo,
decidi fazer uma bela moqueca de peixe - usei Xaréu.

Em uma panela de barro, comecei fritando a cebola roxa e o alho num bom dendê.

A casa foi tomada por aquele aroma inconfundível.
Aos poucos, fui acrescentando o demais ingredientes do refogado.
Quando tudo estava no ponto, acomodei as postas de Xaréu e um bocado de camarão.
Deixei cozinhar um pouquinho - bem pouquinho mesmo para o peixe não amolecer e o camarão endurecer.
Por fim, embebi tudo isso no leite de coco.
Quando o prato estava com aquele molhinho grosso, desliguei o fogo e salpiquei com coentro fresquinho. Abafei. Gente, o aroma estava magnífico.
Servi acompanhado de arroz e um pimentinha porreta que um boteco aqui de perto de casa me fornece.

Aquecemos o estômago, o corpo e alma.  
Para a sobremesa nada melhor do que uma boa manga rosa flambada na cachaça baiana. 

O povo comeu até o caroço! Priscilla Sarah - aprendiz de cozinheira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário